Projetos em andamento

Shows em Destaque

 

Mona​ ​Gadelha​ ​e​ ​Pulso​ ​de​ ​Marte​ ​fazem​ ​pocket​ ​show​ ​no​ ​Iatec
Nesta quarta | 29 de dezembro de 2017 | 18h
A cantora e compositora cearense Mona Gadelha promove um encontro da geração feminina do rock, ao se reunir em pocket show com as guitarristas Nathalia Rebouças e Letícia Monteiro, da banda Pulso de Marte, vencedora do II Festival da Juventude de Fortaleza. A apresentação acontecerá no lançamento do Calendário 2018 do Iatec, no próximo dia 29, quarta-feira, 19h. Mona mostrará canções do seu repertório, com base na sua discografia de sete trabalhos lançados (todos disponíveis nas plataformas online), especialmente músicas do seu mais recente disco Cidade Blues Rock nas Ruas, como James Dean, parceria dela com o compositor cearense Ricardo Rocha.
A cantora que também é jornalista e atua na área de produção cultural, tem acompanhado de perto e participado da nova cena musical cearense. É coordenadora do Laboratório de Música do Porto Iracema das Artes há quatro anos.
Sobre o Pulso de Marte, Mona afirma que é uma banda consistente, criativa e que representa muito bem o rock feminino, graças ao talento de Nathalia e Letícia. Por tratar-se de um pocket show, o Pulso de Marte apresenta-se nesta ocasião sem os dois integrantes Jefferson Castro (bateria) e Charles Costa (baixo). A banda atualmente faz shows lançamento de seu primeiro disco, Busca, também disponível nas plataformas online.
Sobre​ ​Mona​ ​Gadelha​ ​-​ ​Bio​ ​resumida Mona Gadelha é cantora, compositora, jornalista. Coordenadora do Laboratório de Música do Porto Iracema das Artes desde 2014. Lançou sete CDs (Mona Gadelha, 1996; Cenas & Dramas, 2000; Tudo se Move, 2004; Salve a Beleza, 2010; Praia Lírica, um tributo à canção cearense dos anos 70, 2011; e Cidade Blues Rock nas Ruas, 2013 – este também em CD ao vivo e DVD, 2014). Participou do álbum e show Massafeira, destacando-se com o blues “Cor de Sonho”. Criou vários projetos culturais com a Brazilbizz, sua produtora, como a curadoria do projeto “Jazz na Caixa Cultural” por oito edições em São Paulo. Fez a curadoria de concertos de pianistas para mostra de música ao vivo em filmes na 27ª Mostra de Cinema de São Paulo. Foi palestrante do WOMEX em 2003, falando sobre música e inclusão social, em Sevilha, Espanha. Fez especialização em Globalização e Cultura pela Fundação Escola de Sociologia de São Paulo (2004). Escreveu perfil biográfico de José de Alencar e projetos lítero-musicais. Coordenou o Ponto de Cultura Memórias do Olhar em 2008, em São Paulo, do Ministério da Cultura. É mestranda em Comunicação na UFC/CE, com pesquisa em performance e transgressão, e pesquisadora vinculada ao Laboratório de Investigação em Corpo, Comunicação e Arte-LICCA (UFC).
Pocket show Mona Gadelha e as guitarristas Nathalia Rebouças e Letícia Monteiro da Banda Pulso de Marte
Local | Iatec
Rua Jaguaribe, 55 | Aldeota | Fortaleza | CE

Joana Limaverde interpreta Ednardo na Culinária da Van
Joana Limaverde e Carlinhos Patriolino interpretam várias canções da vasta obra de Ednardo, nesta próxima quarta, dia 29 de novembro, 20h na Culinária da Van em uma noite especial do projeto Pessoal do Ceará

Com muito entusiasmo após o deleite de receber o prêmio de terceiro lugar de Chef do Ano da Revista Veja | Comer & Beber, Van Régia, recebeu de braços abertos a proposta da apresentação musical de Joana Limaverde e sugeriu um Especial Ednardo.

Joana Limaverde será acompanhando por Carlinhos Patriolina que inúmeras vezes fez parte da banda de músicos que sempre acompanhou o cantor e compositor cearense Ednardo, o maestro Carlinhos Patriolino é grande conhecedor de sua, o que deixa a filha Joana muito a vontade para mergulhar no universo da obra do seu pai, que inúmeras vezes acalentou o seu sono de bebê. Ganhou o belo presente musical ao nascer, a belíssima canção “Manga Rosa” que teremos o prazer de ouvir nessa noite, além de grandes clássicos dos anos 70, 80 e 90. Canções como” Terral”, “Enquanto Engoma a Calça e “Pavão Mysterioso”, entre outras irão ilustrar essa consagração musical que Joana resolveu trilhar desde o ano passado quando montou o seu primeiro show musical.

A atriz, que durante 25 anos esteve focada exclusivamente nas artes cênicas, interpretando personagens como Stela Lira na série Amor e Revolução do SBT, onde interpretou uma atriz, nos trás a oportunidade de apreciar este vasto repertório da obra de seu pai.

Tudo começou em 2013, quando foi apresentada ao Samba do Kolombolo, na Vila Madalena, lugar de resistência do Samba Paulista. Coincidiu com a decisão de conhecer mais suas raízes cearenses e mudar-se para Fortaleza, onde observou uma cena musical forte e muito intensa, com instrumentistas de excelente nível. Anterior a tudo isso, Joana nunca havia pensado em fazer show, mas a vontade se fez latente e foi difícil resistir a esse chamado que vinha tão de dentro pedindo para ser apresentado e explorado na sua melhor forma. Assim chega o projeto Samba Delas, que nasceu com a proposta de levar aos palcos composições feitas ou gravada por mulheres. Com repertório de ícones do samba, como Arlindo Cruz e Paulinho da Viola, e de grandes nomes da música brasileira, entre os quais Chico Buarque, Adriana Calcanhoto, Roberta Sá, Maria Gadú e Marcelo Camelo. Este foi o show de estreia profissional como cantora, em 2016.

Depois elaborou o Show Mistura, com vários ritmos, samba, rock e MPB.

No dia dos namorados fez o show Só Românticas que teve estreia no Hotel Sonata.

Recentemente montou e apresentou o show “Elas Cantam Ednardo”, dividindo o palco com Nayra Costa, Ilya e Giselle Tigre, sua estreia foi no palco Vida & Arte na Praça Verde do Dragão do Mar.

Encontra-se completamente envolvida com a música e sua nova profissão, além destes 4 shows, já tem um novo projeto musical, um show que homenageará as roqueiras do Brasil e do mundo, sem faltar o repertório das musas do rock brasileiro Rita Lee e Cássia Eller e das internacionais Janis Joplin e Amy Winehouse, entre outras.

Nesta quarta é dia de apreciar sua voz, interpretando a vasta obra de Ednardo.

 

Show | Joana Limaverde e Carlinhos Patriolino apresentam Especial Ednardo

Dia | 29 de Novembro | Quarta | 20h

Local | Culinária de Van

Endereço Waldery Uchôa, 230 Benfica | FORTALEZA | CE

Informações: ( 85) 3283-8600

 

A nossa empresa é especializada em elaboração e captação de recursos de projetos culturais. Os projetos abaixo estão em fase de captação.

 

A Festa Literária Internacional do Livro de Jericoacoara é uma iniciativa nossa empresa. O evento contará com as seguintes ações:

  1. Concurso Literário (Redação) nas escolas públicas dos municípios de Itarema, Acaraú, Cruz e Jijoca de Jericoacoara.
  2. Mutirão da limpeza em parceria com o ICMBio de Jericoacoara, associações dos empresários “Amo Jeri” , comunidade e participantes do evento.
  3. Fórum de discussão sobre a implantação de cursos de línguas, gratuitos nas bibliotecas públicas dos 4 municípios e de uma biblioteca pública em Jericoacoara com um acervo significativo da nossa literatura regional e da literatura internacional, atendendo às necessidades e estimulando à leitura da população local e dos turistas que visitam o nosso Estado.
  4. Três dias de atividades em Jericoacoara, com oficinas de xilogravura e cartum, espetáculos literários infantis e adultos, mesas temáticas com escritores convidados e noite de autógrafos.

A FliJeri faz parte do calendário oficial dos eventos culturais do Estado do Ceará e das Festas Literária do Brasil. Conta com o apoio do IX Edital Mecenas do Ceará 2016, na categoria DOACÃO, 100% de abatimento, o apoio do Ministério da Cultura, que aprovou o projeto pela Lei Rouanet, Artigo 18, Pronac : 161746 das Prefeituras de Jijoca de Jericoacoara, Cruz, Acaraú e Itarema, do Governo do estado do Ceará, através da Secretaria de Educação, Cultura e Turismo.


 

Trata-se de uma regata marítima com a participação prevista de 40 canoas a vela com 4 participantes por canoa, que deverão cumprir um percurso com aproximadamente 10 km demarcado por boias.

Será um evento esportivo muito visual mas também muito desafiador pois são canoas pesadas, com 6 a 10m de comprimento, enormes velas que devem ser manobradas com muita habilidade sob a ação dos fortes ventos, já conhecidos por velejadores de wind e kyte surfe do mundo todo.

O evento ocorrerá dia 16 de dezembro, na praia principal da Vila de Jericoacoara, a partir das 12h. A organização do evento está a cargo da ONG Sede de Viver, que vem trabalhando pela sustentabilidade da atividade turística em Jijoca de Jericoacoara, em parceria com o Conselho Comunitário de Jericoacoara , participação da empresa Brazilbizz Comunicação, responsável pela captação de recursos e Renata Magalhães que fará a coordenação do evento. O evento conta com o apoio da Prefeitura de Jijoca de Jericoacoara, das Secretarias do Turismo e Meio Ambiente e da Aquicultura e Pesca, cujos Secretários Ricardo Gusso e Waldir Nonato (o Belisco) participam ativamente da concepção e comissão organizadora do evento.

 

 

1 2 3 9